A dissertação é um depoimento de artista que abrange desde a idéia da "janela da mídia" constituída pelas imagens dos meios de comunicação, até um apanhado de pensamentos sobre arte, inclusive a arte digital.
   A televisão foi o video game da infância do autor. O contacto com um computador primitivo, um Apple II, abriu a perspectiva de uma nova via, alternativa para a TV.
   Acidente pessoal, que acarretou severa limitação ao uso das mãos e braços (pernas inclusive) determinou a busca do computador como recurso para desenhar.
   O desejo incipiente de dedicar-se às artes plásticas teve, no evento, um incentivo determinante.
   O esboço do histórico perpassa por trabalhos classificados para o IIIº Video Brasil e contribuições para filme cinematográfico. A opção pela arte veio a se concretizar a partir de 1988.
   Houve um período de cerca de dois anos de trabalhos com desenho (sem o computador), gravura em metal e pintura.
   Em 1991 houve retomada do trabalho com o computador, envolvendo "design gráfico".
   Nessa época o equipamento utilizado foi um Macintosh da Apple.
   De 1993 a 1996 o mestrando foi orientador na área de computação gráfica no Ateliê Francesc Domingo no MAC-USP.O ateliê dispunha de um Power Macintosh 6100 com monitor Sony.
   Em 1994 expôs no Museu da Gravura em Curitiba.
   Em 1995 ministrou cursos no SENAC.
   Participante da mostra coletiva "Gravura Paulista", na Galeria São Paulo.
   Nesta ocasião coordenou a criação de um "site" no Centro de Computação Eletrônica da USP, uma das primeiras páginas da Internet a ter a gravura como tema principal.
   Há menção sobre evoluções havidas no campo da impressão eletrônica, oferta de equipamentos e de papéis especiais, discussão sobre os méritos e limitações da impressões a laser e a jato de tinta.
   Outras possibilidades, como a confecções de fotolitos digitais, são examinadas.
   É dado destaque à possibilidade, e ao impacto, de impressões de grande porte.
   O orientando menciona e explicita trabalhos que faz utilizando colagens digitais.
   Recursos mais atuais, como "tablets" para gerar desenhos diretamente no computador são citados.
   A dissertação volta ao tema do desenho à mão, inclusive com a utilização de lápis de cor e de tinta manquim com penas de bambu. O uso do computador permite realizar alterações que complementam os desenhos.
   Há a proposta da expansão das fronteiras da gravura de expressão através de meios gráficos digitais.
   Complementa a matéria uma série de depoimentos e reflexões de grandes artistas, bem como, de opiniões sobre arte na era eletrônica coligidos de coletânea do Goete Institut Barcelona - ACC L' Angelot.


ptbarreto@yahoo.com.br

Obs: o currículo e o texto integral da dissertação estão disponíveis em formato PDF nos seguintes arquivos:

curriculo.pdf
dissertacao.pdf